quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

As rosas azuis






Há pouco menos de 1 mês, me deparei pela primeira vez na vida com um buquê de rosas azuis turquesa. Fiquei completamente fascinada, parada lá, diante dele. A caminho de casa percebi que o impacto das rosas azuis foi tão profundo em mim que gerou um certo pensamento obsessivo. Voltei ao mesmo lugar dias depois determinada a comprá-lo. Mas hesitei, achando que seria muito estranho dar rosas a mim mesma. Cheguei em casa chateada por ter tido esse pensamento bobo que me privou do contato com o belo. Passada essa experiência, voltei à minha rotina comum. Entrei e saí de shoppings, livrarias, lojas de cosméticos, perfumarias e outros centros de consumo urbano. E descobri que a única coisa nesse mundo que hoje me faz querer gastar dinheiro, são as rosas azuis turquesa baratinhas que eu não tive coragem de me presentear.


- Tamara Ramos


0 comentários: