segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Ouvindo enquanto escrevo...


Madonna - Revolutionary Heart (Album) - 2015
Compilação de músicas não lançadas oficialmente

Arte



"Eu tenho pouca admiração por certo tipo de arte que só escolhe chocar por falta de saber convencer de outra forma. E se, por uma infelicidade, eu me pegasse realmente sendo escandaloso, seria apenas por causa desse gosto desmesurado que os artistas têm pela verdade – e um verdadeiro artista não consegue abrir mão da verdade, porque isso significaria renunciar à sua arte.
 
 
 
Albert Camus, escritor francês

Love is...



Love is the joy of the good, the wonder of the wise, the amazement of the Gods.
Plato

No olhar de Afrodite...



“Foi no olhar de Afrodite que minha escuridão fundamental se refletiu. E vi sair de dentro de mim mesma uma beleza divina,
um amor transcendental.  

 ― Tamara Ramos      

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Dra. Honoris Causa em Educação


 
 



Hoje recebi o título de Dra. Honoris Causa em Educação pela Universidade Erich Fromm, Flórida (EUA). O evento foi realizado na Assembleia Legislativa de São Paulo onde várias personalidades do esporte e da cultura foram homenageadas. O título me foi concedido pela criação e divulgação do projeto AUTORES ARTISTAS para os professores brasileiros. A arte sempre foi a minha vida e, através da Educação, tenho estimulado a percepção estética, a liberdade de expressão e a criatividade em crianças e adolescentes por meio deste projeto. Fiquei feliz e honradíssima com a homenagem! :)
 
Visite o Autores Artistas: www.autoresartistas.com       

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Destaque na Wizard Brasil!





Hoje fui destaque no portal da rede de idiomas Wizard Brasil, onde leciono como professora de inglês. Além de ganhar um prêmio por ter batido a meta de retenção de alunos da unidade, ainda fui homenageada pelas Conferências sobre a Língua Inglesa que dei para alunos, pais e professores das escolas de Santos. Thanks, Wizard! Valeu! :)  

Quem tem medo da Alice?





"Sou mais de vinte mulheres, sou mais de vinte homens, há um exército multissexual marchando dentro de mim. Somos tantos quanto ousamos, somos duas nações separadas por uma frágil e inútil fronteira. Julgamos as nossas diferenças negando possuí-las em nós. Resistimos à tentação de arriscar algo mais forte, algo que nos comprometa ou nos leve a perder. Condenamos a liberdade alheia por inveja recalcada. Torcemos o nariz diante de algo exclusivo, como uma personalidade mais livre,
dona absoluta daquilo que faz."
 
Trecho do livro "UM TANGO PARA ALICE"
Disponível em e-book pela Amazon

Será que vale a recompensa?


Ouvindo enquanto penso...


David Bowie - Absolute Beginners
 
 I've nothing much to offer
There's nothing much to take
I'm an absolute beginner
But I'm absolutely sane.
 

Sorry

 

Identidade


 
Escrevo para exorcizar afetos,
livrar-me dos medos,
recompor-me da queda.
 
Porque tudo o que sinto
é misturado.
E fujo daquilo que crio -
mundo paralelo -,
onde habito.
 
Subproduto de sonhos
encurralados em ruas sem saída.
Presa fácil do homem consciente,
percorrendo calçadas infames.
 
Nunca fui um deles,
sou viking.
Ninguém conhece o endereço
do meu castelo.
  
Ninguém tem a chave
da minha contradição.
 


(Poema do livro "VIDA FORASTEIRA - Antologia Poética 2000-2010"
Disponível em ebook pela Amazon) 

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Ouvindo enquanto escrevo...


Talking Heads - Psycho Killer

Eu queria encontrar alguém...



"Eu queria encontrar alguém que conversasse comigo da mesma forma que os autores fazem quando leio seus livros. Queria ouvir coisas profundas que mudassem de verdade a minha vida. Queria encontrar pessoas geniais que me inspirassem..."
 
Trecho do livro "Irina Bloom", de Tamara Ramos
Disponível em e-book pela Amazon

Ouvindo enquanto escrevo...


Patti Smith Group - Because the night 1978

Yeah!


terça-feira, 25 de agosto de 2015

Não se perca!


segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Então quer ser escritor?



                                                   (Poema de CHARLES BUKOWSKI)



Se não sai de ti a explodir
apesar de tudo,
não o faças.

 a menos que saia sem perguntar do teu
coração, da tua cabeça, da tua boca
das tuas entranhas,
não o faças.

 se tens que estar horas sentado
a olhar para um ecrã de computador
ou curvado sobre a tua
máquina de escrever
procurando as palavras,
não o faças.

 se o fazes por dinheiro ou
fama,
não o faças.


 se o fazes para teres
mulheres na tua cama,
não o faças.

 se tens que te sentar e
reescrever uma e outra vez,
não o faças.


 se dá trabalho só pensar em fazê-lo,
não o faças.

 se tentas escrever como outros escreveram,
não o faças.
 
se tens que esperar para que saia de ti
a gritar,
então espera pacientemente.
se nunca sair de ti a gritar,
faz outra coisa.
 
se tens que o ler primeiro à tua mulher
ou namorada ou namorado
ou pais ou a quem quer que seja,
não estás preparado.
 
não sejas como muitos escritores,
não sejas como milhares de
pessoas que se consideram escritores,
não sejas chato nem aborrecido e
pedante, não te consumas com auto-devoção.
as bibliotecas de todo o mundo têm
bocejado até
adormecer
com os da tua espécie.
não sejas mais um.
não o faças.

 a menos que saia da
tua alma como um míssil,
a menos que o estar parado
te leve à loucura ou
ao suicídio ou homicídio,
não o faças.

 a menos que o sol dentro de ti
te queime as tripas,
não o faças.
 
quando chegar mesmo a altura,
e se foste escolhido,
vai acontecer
por si só e continuará a acontecer
até que tu morras ou morra em ti.
não há outra alternativa.
e nunca houve.

Em busca da Mulher Virtuosa

 
 

Em 2010, quando comecei a estudar os textos bíblicos escritos pelo Rei Salomão, me encantei com a descrição que ele fez da Mulher Virtuosa (Prov.31). Durante 4 anos estudei as palavras de Salomão e refleti muito sobre o conceito da mulher virtuosa, o que rendeu um capítulo especial no meu livro "O HERDEIRO DA CASA DE DAVI". Mesmo sabendo que 3 mil anos nos separam da mulher virtuosa, e levando em consideração todas as diferenças culturais e o contexto da época do Antigo Testamento, ainda acredito que a mulher virtuosa seja um bom exemplo pra gente seguir. Que me perdoem as feministas, mas homens e mulheres não são iguais, nem do ponto de vista biológico e nem do emocional. Acredito que deva haver um resgate da feminilidade, fidelidade, lealdade e comprometimento da mulher com seu marido e sua família se quisermos equilibrar nossa vida de forma mais harmoniosa. O texto abaixo é de Wilma Rejane, e compartilhei aqui por achar que ele explica bem o conceito da mulher virtuosa. Para conhecer mais sobre a Mulher Virtuosa, o casamento na tradição judaica, o conceito cabalístico da Alma Gêmea e as dicas para encontrar o parceiro ideal,  adquira o livro "O Herdeiro da Casa de Davi", disponível em e-book pela Amazon Internacional.
- Tamara Ramos   



O texto abaixo é de Wilma Rejane
Disponível no blog 'A tenda na rocha"


Virtuosa é uma tradução do “chavil” em hebraico (ou Havil) de acordo com o Wordbook Teológico, “chavil” no Antigo Testamento é usado para denotar: força, poder, em uma variedade de maneiras. Força de Deus (Sl 59:11) e força Física (Ec 10:10). Essa palavra foi usada pela primeira vez no Antigo Testamento para descrever Rute: “Agora, pois, minha filha, não temas; tudo quanto disseste te farei, pois toda a cidade de meu povo sabe que és mulher virtuosa”.
 
É interessante notar que essa mulher virtuosa, um misto de dona de casa, esposa, e serva de Deus, tem origem no relacionamento com seu par. Ela tem força própria, identidade marcante, porém não seria virtuosa sem o relacionar-se com Deus e com o seu marido. Boaz elegeu a Rute como parceira por ter percebido nela uma companheira que o completava: cheia de força para o trabalho, para a vida, e de conselhos - por ser tão ligada ao Deus de Israel.

É gratificante saber que o conceito Bíblico de mulher virtuosa é oposto ao conceito do mundo. Se estivesse entre nós, Rute certamente não figuraria na galeria de personalidades, mulheres do ano, ou coisa parecida. Tão pouco, seria contada entre as mais belas, como costumamos ver diariamente na mídia: O enfoque no exterior, na imagem sensual, superficial e cheia de apelos ao pecado. Sim, Rute deveria ser bela de aparência, mas o que a tornava virtuosa era o caráter, a maneira de agir, uma riqueza inestimável, “maior que o de todas as joias preciosas” PV 31:10.

“Abre a boca com sabedoria e a lei da beneficência está na sua língua, olha pelo governo de sua casa e não come o pão da preguiça, levantam-se seus filhos a chamam de ‘bem-aventurada’ como também seu marido, que a louva dizendo: Muitas filhas agiram virtuosamente, mas tu a todas és superior” PV 31:25-39

Rei Salomão foi um homem de muitas mulheres: “Setecentas mulheres princesas e trezentas concubinas” I Rs 11:3, penso que apesar da impressionante estatística, ele não encontrou uma “bem aventurada” para completar-lhe, no mesmo verso de I Reis lê-se: “Suas mulheres lhe perverteram o coração”. No livro de Eclesiastes, há uma confirmação da boca do próprio Salomão sobre esse enlace, nunca ocorrido, com uma mulher que lhe satisfizesse o ser:

“Vedes, aqui, isto achei, diz o pregador, conferindo uma coisa com a outra para achar a razão delas; A qual ainda busca a minha alma, porém ainda não achei; um homem entre mil achei eu, mas uma mulher entre todas estas não achei” Ec 7:27: 28 .Um homem dotado de sabedoria Divina como Salomão, realizado em seu governo, cheio de bens, mas de coração inquieto e incompleto a ponto de perder-se nas promessas de Deus para a vida dele. Uma mulher “bem aventurada” lhe faltou.

domingo, 23 de agosto de 2015

Do que o planeta precisa...


Cabeça de artista


 
"O escritor não pode ter medo de transmitir sua verdade no texto que elabora. Preconceitos, tabus, hesitação, apego a dogmas e regras excessivas, somente limitarão o universo do autor. Se ele ficar paralisado diante de um pensamento obscuro, ele jamais compreenderá a profundidade da alma humana e produzirá uma obra medíocre, cheia de vacilos e incapaz de gerar empatia no leitor."
 
Trecho do livro "Cabeça de Artista", de Tamara Ramos
Disponível em e-book pela Amazon
 

Vida de escritor


"A leitura faz do leitor uma pessoa mais crítica, mentalmente ativa, aberta às novidades, destemida e menos preconceituosa. A cada livro que lemos nos deparamos com um universo vivo inteiramente diferente do nosso. Cada personagem carrega uma bagagem complexa que nada mais é do que as variações psicológicas do próprio autor que deu vida à obra. Todo escritor sofre de personalidade múltipla. É um pouco esquizofrênico, contraditório e deliciosamente humano."
 
Trecho do livro "Cabeça de Artista", de Tamara Ramos
Disponível em ebook pela Amazon 

sábado, 22 de agosto de 2015

Meus escritos de outono...

 
 

"Caminho devagar e me aproximo das caixas lacradas. Meus livros, minhas histórias, minha vida sem mim. Queria escalar a montanha mais alta do mundo e voar. Queria que em mim nascessem asas de cera, tão grandes quanto a ingenuidade de Ícaro. Queria que em mim houvesse um impulso mais forte que o instinto. Queria mergulhar no mar do Japão e ser resgatada pelo Buda das minhas histórias. Queria revelar os segredos que tranco às sete chaves. Queria dizer às pessoas o que eu realmente penso delas. Queria ir dez vezes além. Fiquei tentada a abrir uma caixa. Gostaria de rever a capa de ao menos um dos meus livros para ter certeza de que ele ainda possuía todas as cores que me escaparam."
 
Trecho do livro "Escritos de Outono"
de Tamara Ramos
Disponível em e-book pela Amazon      


Minha vida de teacher! :)



Ontem fui homenageada e premiada na escola de idiomas, Wizard, onde trabalho por ter sido a única professora que bateu a meta de retenção de alunos na unidade. Acredito que o sucesso do meu trabalho se deve a muito estudo, comprometimento profissional e humildade em compreender que sou apenas uma aprendiz do processo educacional. Ser Teacher exige muito estudo, dedicação, performance e paixão. Thanks, Wizard! Ser parte dessa equipe é uma honra! :)     

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

That's it...


terça-feira, 18 de agosto de 2015

Vincent...


"Procura compreender o que dizem os artistas nas suas obras-primas, os mestres sérios.
Aí está Deus."
 
Vincent van Gogh

Obrigada pelos 80 mil acessos!

 
Há 8 anos lancei o blog "E eu que era tudo ou nada ao meio-dia" com o intuito de organizar minha poesia em formato de diário eletrônico. Publiquei o blog em 2007, sem fazer nenhuma divulgação, e achei que ninguém nunca o descobriria perdido entre milhares de páginas virtuais. Mas com o tempo minha carreira literária foi tomando forma, vários livros foram publicados, alguns textos que escrevi aqui no blog ganharam destaque em outros sites, e ele foi ganhando visibilidade. Graças aos visitantes, o blog foi indicado 3 vezes consecutivas ao prêmio TOP BLOG e tornou-se a minha casa virtual, que está sempre de portas abertas. Este blog é realmente o meu diário pessoal. Aqui compartilho meus pensamentos e as ideias de outros autores que me inspiram, compartilho a trilha sonora da minha vida por meio do "Ouvindo enquanto escrevo...", divulgo os livros e mantenho o pensamento afiado por meio de pequenos textos ou criações poéticas constantes. Às vezes, gosto de espiar minhas publicações de 6 ou 7 anos atrás para avaliar se mudei muito ou não. E fico sempre surpresa ao perceber que há uma estabilidade interessante na minha forma de pensar. Enfrentei desafios, chorei, sorri, me decepcionei e me surpreendi, mas sinto um otimismo linear em todos os meus textos, e fico feliz de perceber que tenho avançado em harmonia pelo meu próprio caminho. O blog também funciona como um ponto de encontro entre meus leitores, amigos e eu; além de ser um registro informal da minha história de vida. Muitas pessoas entraram em contato por meio do blog nesses 8 anos e fiz muitos amigos queridos por aqui. Portanto, obrigado por acompanhar o "'Eu que era tudo ou nada ao meio-dia" e fazer parte desse universo tão pessoal.  Continuarei escrevendo, me expressando e postando minhas ideias como sempre fiz. Escrever é muito mais do que a minha profissão, mas a minha maior alegria. Obrigada! :)
 Tamara Ramos
17/08/2015
Em comemoração aos 80 mil acessos do blog.     

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Em todo adulto...

 
 
"Em todo adulto espreita uma criança
- uma criança eterna, algo que está sempre vindo a ser,
que nunca está completo e que solicita cuidado,
atenção e educação incessantes.
Essa é a parte da personalidade humana...

que quer desenvolver-se e tornar-se completa."
 
Carl G. Jung

Uma vida em preto e branco



"De vez em quando trechos dos meus livros preferidos passavam por mim. Por mais que a gente esconda a informação da vista, a memória ainda abriga o que assimilou bem. Mas preciso te contar uma coisa curiosa. Depois que empacotei todos os meus livros, passei a lembrar das histórias que eles contavam em preto e branco.  Toda a minha memória perdeu a cor."
 
 
Trecho do livro 'Escritos de Outono"
de Tamara Ramos
Disponível em e-book pela Amazon
 

Ganhei de novo! :)


Essa semana recebi pelo correio o famoso livro VINCENT, de Barbara Stock, enviado pelo Dutch Culture USA - Consulado da Holanda nos Estados Unidos. Esse ano é a segunda vez que eu ganho um concurso no facebook relacionado ao Van Gogh. No início do ano fui selecionada a bater um papo com os curadores do Museu Van Gogh, ao vivo e online. O concurso foi feito para comemorar os 4 milhões de curtidas na página do Museu, mas parece que ninguém estava muito interessado em saber mais sobre o Vincent. Pensa bem: 4 MILHÕES de fãs! Fiquei chocada quando eu vi que fui escolhida porque, praticamente, ninguém quis participar! Será que as pessoas realmente não estão mesmo interessadas nas coisas que curtem? Seja como for, o livro é lindo e adorei ganhar! :)

Ouvindo enquanto trabalho...


The Best of Liszt

Seja humilde


domingo, 16 de agosto de 2015

Ama...


A síntese do paradoxo


 A SÍNTESE DO PARADOXO
 
 By Tamara Ramos
Do livro "Vida Forasteira - Antologia Poética 2000-2010
Disponível em e-book pela Amazon

 
 
Ah! Eu amei.
Amei intensamente os vales da cidade proibida,
naveguei por oceanos fundos em rotas azuis,
senti o corpo queimando pela chama de eterna fonte,
e bebi a água do solo com sede infantil.
 

Ah! Eu odiei.
Odiei os homens de preto a inventar conflitos,
os sons da guerra do Oriente a trovejar no Ocidente,
os campos cobertos de órfãos,
as fugas covardes dos membros da política indecente,
e o sol mais quente a derreter geleiras de extremos.

 
Ah! Mas eu também amei.
Amei a frota de paz que combateu a guerra santa,
amei aves de rapina a levantar voos mais altos,
campos de milho a acalmar a fome humana,
a luz da manhã aquecendo corpos juvenis,
e a água límpida de algumas fontes.
 

Ah! Mas eu também odiei.
O tempo corrido do mundo moderno,
a luta pelo dinheiro traiçoeiro e fútil,
a água suja dos rios poluídos,
a maré de crente a desdenhar o irmão.

 
Amo e odeio porque sou humana,
quente e fria como as tardes do inverno polar,
levanto e derrubo turbilhões de profecias incertas,
e me deixo levar pela promessa de um tempo melhor
que jamais amanhece.

 
Carrego em mim altas temperaturas úmidas,
e a fé inabalável na colheita de ontem.
Sou humana, urbana,
capaz de amar e odiar com o mesmo fermento tosco,
capaz de ungir e destruir,
mas, sobretudo, capaz de amar mais,
uma vez mais,
a cada gloriosa manhã.


Hoje eu sonhei com o mar...




Hoje eu sonhei com o mar. Uma terra distante, um sol queimante, uma brisa sorrateira invadindo meu pensar. Milhares de flores exalando um perfume oriental. Descalça, pisando a areia branca, revi alguns conceitos e me espelhei no ar. Fui passeando pela costa, caminhando sem pesar, me despindo aos poucos. Um sinal de Deus se manifestou dentro do sonho. Uma mensagem sem palavras, uma forma inexata de intuição. Uma montanha alta abriu-se ao meio revelando luz e amor. Uma chama amarela soltou faíscas em minha direção e tudo se aclarou. Toda a ansiedade se desfez e acordei com vontade de amar mais a mim mesma. Um rito de beleza, uma esfoliação corporal, um creme novo pros cabelos, um esmalte vermelho, uma lingerie sedutora. Meu intelecto se apagou por um momento e o desejo de ser mais mulher tornou-se subitamente importante. Acho que visitei a ilha de Afrodite essa noite, sendo recebida como hóspede de honra. Um homem bonito lavou os meus pés. Crianças louras enfeitaram de flores meus cabelos úmidos. Uma autora desconhecida autografou um papel abstrato fazendo referências a um livro que ainda não escrevi. Acordei com uma sensação de alívio e decidi caminhar a pé. Uma conexão íntima se firmou entre o sonho e eu. Tomei um banho mais longo, me vesti inteira de branco e acendi velas perfumadas com odor de jasmim. Acho que algo se modificou permanentemente em mim, e um novo recomeço já se iniciou.  
 
Um sonho transformado em poema/  by Tamara Ramos -  Agosto/15

Be honest

"O culto à mentira é dos mais danosos comportamentos
 a que o indivíduo se submete. Ilusão do ego, logo se dilui ante a linguagem espontânea dos fatos."
Joanna de Ângelis 

Julius Caesar



"EXPERIENCE IS THE TEACHER 
OF ALL THINGS."

Julius Caesar


sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Autores Artistas: www.autoresartistas.com

 

Do que é feita a cabeça de um artista?

O que faz do artista um ser tão diferente das pessoas comuns? Que tipo de sonhos tem o artista, seus medos, sua visão de mundo, suas perturbações? O que está acontecendo com o nosso mundo nesse momento de globalização? Por que estamos dando preferência a coisas práticas que não nos tome o tempo? O que houve com nosso senso estético e sensibilidade?
 
Trecho do livro
"Cabeça de Artista"
de Tamara Ramos
Disponível em e-book pela Amazon

Cabeça de Artista





"A cultura pós-moderna cria a ilusão de que qualquer pessoa pode ser artista. E, talvez, possa mesmo. Nesse novo império da cultura contemporânea qualquer tela em branco é considerada obra de arte. Foram abolidos os mínimos requisitos de bom senso, domínio técnico, competência em desenho, estudo de cores e harmonia estética. Na arte contemporânea, qualquer traço infantil pode ser elevado à categoria de obra prima. "
 
Trecho do livro "Cabeça de Artista",
de Tamara Ramos.
Disponível em e-book pela Amazon.
 

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Anota aí...


quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Ouvindo enquanto escrevo...


Hoobastank - The Reason


I'M NOT A PERFECT PERSON

Escritos de Outono



"No mais alto pico da crise cheguei a pensar em parar de falar. Porque a fala nada mais é do que o conjunto de palavras com sonoridade desafinada, cheio de intenções duvidosas, conteúdos fúteis e maldade. De um momento para o outro eu não queria mais nada com palavra nenhuma, nem tão pouco com imagens. Agora eu só queria o silêncio.  A paz trazida pela morte de todas as palavras." 


Trecho do livro "Escritos de Outono"
de Tamara Ramos
Disponível em e-book pela Amazon

terça-feira, 11 de agosto de 2015

My favorite song...


Muse - Resistance

Pois é...


Ouvindo enquanto escrevo...


Mirrors - Justin Timberlake (Boyce Avenue feat. Fifth Harmony cover)
 
 
 
"Cause I don't wanna lose you now
I'm lookin' right at the other half of me
The vacancy that sat in my heart
Is a space that now you hold"

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Jogue pro universo!


Um tango para Alice




"Eu o sabia se Alice
me desejaria um dia,
mas sabia que uma boa
quantidade de dinheiro
certamente a compraria.
Por uma semana, um dia, um instante.
Daria tudo por um único momento.
Daria tudo por apenas um minuto
da atenção exclusiva de Alice."

 

Trecho do livro
 "Um tango para Alice",
de Tamara Ramos
Disponível em e-book pela Amazon