quarta-feira, 24 de outubro de 2012

OS NOVOS AUTORES BRASILEIROS CONQUISTAM O MERCADO LITERÁRIO NACIONAL







Como escritora estou sempre estudando o mercado literário nacional para poder adequar meu trabalho às exigências e demandas do meio. E ultimamente tenho visto uma mudança fantástica no panorama da literatura nacional: nós estamos vendendo!

Há uns dez anos consumíamos muito mais literatura internacional. Não é que os autores estrangeiros tenham perdido o prestígio por aqui, apenas estamos descobrindo que nosso produto nacional não deixa nada a dever aos que vem lá de fora. Gosto de comparar esse fenômeno ao ocorrido com a música nos anos 80. Antes da década de 80 consumíamos rock internacional e baladas americanas ou inglesas sem dar o menor valor aos artistas brasileiros. Até que o rock nacional resolveu unir forças e desbancou qualquer possibilidade de superação de vendas dos gringos por aqui. A galera do pop rock formou uma irmandade: Kid Abelha, Titãs, Biquini Cavadão, Skank, Paralamas do Sucesso, Ira!, Legião Urbana e tantos outros artistas conquistaram o público interno cantando em português e fazendo uma música que é a nossa cara!

Depois disso vieram os sertanejos, os funkeiros e os pagodeiros e pronto! Hoje são eles os maiores campeões de vendas do país. Mas como foi que houve uma mudança assim tão drástica no gosto musical do brasileiro? Aqui está o segredo: a música brasileira se aperfeiçoou. E ficou tão boa quanto a música estrangeira, mas sem perder suas características pessoais.

Penso que seja isso o que está acontecendo agora no cenário literário nacional. Os novos autores estão revolucionando o mercado de livros porque se aperfeiçoaram. Esses novos autores vieram de escolas americanas, inglesas e francesas e aprenderam com os autores internacionais a fórmula mágica de contar uma boa história.

São autores que leram J.K. Rowling, Cornelia Funke, Stephanie Meyer, e vários outros autores da literatura moderna, e agora estão produzindo obras com selo de qualidade altíssimo que não deixam nada a dever aos companheiros internacionais. Tudo parece ter sido reformulado na nova literatura brasileira. Os temas estão mais ao gosto do leitor, houve uma atualização de linguagem e uma reformulação estética nas capas e apresentação das obras. O mercado literário hoje é um negócio com ares cinematográficos. Um livro hoje não é apenas um monte de papel prensado numa lombada feita à cola. Não! O livro moderno traz um universo inteiramente novo com ele. São booktrailers, material de divulgação, filmes e todo um trabalho de marketing que não deixa muito a dever a Hollywood.

Com o crescimento desse mercado surgiu uma nova gama de empregos e atividades remuneradas na área artística e gramatical. Antes de um livro ser considerado pronto para ir às livrarias ele passou pela mão de vários profissionais especializados, são eles: capista (responsável pela arte da capa), revisão, beta reader (leitor crítico que recebe para avaliar a obra), agente literário, execução de booktrailers, arte de divulgação e marketing. Tudo isso leva tempo e exige gastos tanto da editora quanto do autor.

Felizmente, estamos nos profissionalizando a cada dia e o leitor mais exigente não vai se decepcionar optando por um bom livro nacional. A cara dos autores nacionais também está mudando. Hoje temos autores muito jovens no mercado! Essa galera mais nova escreve para um público também mais jovem e isso contribui para o despertar de leitores no país. Mas há também excelentes romances e literatura fantástica que vai ganhar o público de todas as idades. 

A Editora Modo, por exemplo, está investindo pesado nos novos autores, pois já compreendeu que essa é uma tendência que veio pra ficar. Todos os livros da Modo possuem qualidade  extraordinária e os autores que estão na sua paleta de cores são os melhores que há.  Se você ler o livro PAGANUS, de Simone O. Marques, vai ficar sem ar. A história é tão bem construída e excitante que bota a história de Bella e Edward no chinelo. 

Atualmente há muitos autores nacionais com potencial de vender tanto quanto Paulo Coelho lá fora! Nosso trabalho está a nível de exportação e estou certa que fará um sucesso estrondoso entre leitores do mundo todo.  

Outra coisa bacana é a internet como meio de divulgação da arte literária. Há inúmeros sites e páginas do facebook voltadas aos amantes de livros. E elas estão abrindo as portas aos novos autores e divulgando nosso trabalho com alegria e satisfação. Para conhecer essas páginas cheias de dicas e apoio aos autores nacionais, confira os endereços abaixo:







E da próxima vez que entrar numa livraria peça para conhecer os novos autores nacionais. Garanto que vai ficar positivamente surpreso! 

sábado, 20 de outubro de 2012

O NEURÓTICO EM CARATINGA/MG







Ontem, dia 19/10, lancei o livro Um Neurótico no Divã em grande estilo, participando do Papo Instigante do Casarão de Cultura em Caratinga, MG. Acompanhada da psicóloga Eneide Caetano, apresentei a palestra sobre loucura e normalidade para os estudantes universitários das Faculdades Doctum.

O tema é muito polêmico e esse bate-papo doido dá sempre o que falar! Afinal, o que é ser normal? A normalidade está nas diferenças culturais? A loucura está no cérebro ou nos conceitos? Romper padrões é coisa de gente maluca ou de gente normal?

O Neurótico continua conquistando leitores nas cidades brasileiras e tem levado todo mundo a  repensar conceitos antigos. Agradeço ao professor Américo Galvão pelo convite para participar do 5º Papo Instigante do Casarão, e agradeço também a Dra. Eneide Caetano por conceituar cientificamente as nossas neuroses cotidianas. Adorei! :)

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

APOIO DO BLOG MIX LITERÁRIO!


Esse banner do livro UM NEURÓTICO NO DIVÃ foi criado pela Karini Couto do blog Mix Literário, que ajuda na divulgação dos livros dos novos autores nacionais. O blog http://www.mixliterario.com/ é um dos maiores  da net e não somente fornece dicas preciosas aos leitores, como também ajuda os novos autores a divulgarem suas obras por meio de leitura crítica e resenhas feita por equipe especializada!

Obrigada a Karini e à equipe do MIX! Esse site é uma  fada madrinha que abençoa as cabeças criativas do Brasil! :) 

COMO ADQUIRIR "UM NEURÓTICO NO DIVÃ"






PARA ADQUIRIR A OBRA "UM NEURÓTICO NO DIVÃ" ESCREVA PARA: umneuroticonodiva@yahoo.com.br

Preço: R$ 20,00 + frete



Um Neurótico no Divã venceu o primeiro lugar do Prêmio Anchieta Arte e Cultura 2012 e está sendo comparado ao trabalho do contista russo Nikolai Gógol. Trata-se de uma comédia filósofica baseada na psicanálise anárquica de Reich e Roberto Freire.


Gostaria de receber críticas por e-mail dos leitores que embarcarem nessa jornada louca do neurótico!

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

OFICINA DE ESCRITA CRIATIVA EM CARATINGA/MG



No dia 19 de outubro, próxima sexta-feira, ás 19:00 estarei em Caratinga para um "Papo Instigante" sobre a loucura em companhia da psicóloga Eneide Caetano. E no dia 20, sábado, será ministrada a Oficina de Escrita Criativa para todos os apaixonados por literatuta e pela arte de escrever.

Vejo vocês lá!  

terça-feira, 16 de outubro de 2012

PROCESSO DE CRIAÇÃO DE FIONA E O JARDIM SECRETO





Fiona e o Jardim Secreto nasceu dentro de uma sala de cinema em Vitória/ES, no ano de 2010.  Minha agente literária me havia pedido que escrevesse um livro infanto juvenil para ser apresentado a algumas editoras, mas eu não sabia nada sobre esse tipo de leitura e tive um bloqueio criativo que durou alguns dias.

O nascimento de Fiona em nada se assemelha às histórias que ouço sobre o nascimento de Harry Potter ou de Bella e Edward da saga Crepúsculo. Fiona não foi concebida dentro de um trem e nem veio de algum sonho esquisito que me impulsionou a  registrá-lo. Fiona, ao contrário, nasceu quando botei meus olhos na maior aberração que já vi na vida: The Blue Caterpillar ou a Lagarta Azul de Alice no País das Maravilhas.

O filme de Tim Burton era o maior sucesso  daquele ano e fui com Cláudia Martins, minha melhor amiga, correndo para o cinema louca pra matar a curiosidade. Confesso a vocês que não sou muito fã da obra Carol Lewis. Alice no País das Maravilhas sempre me pareceu um texto confuso, criado por algum doido sem capacidade de criar uma história com começo, meio e fim. É claro que há uns diálogos interessantes, mas nada que me fizesse ler o livro inteiro sem abrir a boca ou sentir vontade de devolvê-lo à estante.

Já o filme de Tim Burton me encantou mais do que o livro justamente pelo fato de possuir uma trama. Maluca e sem pé nem cabeça, mas vá lá... ao menos há alguma história ali. Porém, a única coisa que me fez pular da cadeira e despertou em minha mente a vontade de arriscar um infanto juvenil foi ela: a LAGARTA AZUL! Sinceramente, quando vi aquela lagarta azul fumando cachimbo e prevendo o futuro me empolguei! Se aquilo era possível, então qualquer coisa que eu inventasse seria verossímil. O filme de Burton me fez entender que a obra de fantasia era uma oportunidade extraordinária para penetrar no universo da alta ficção. Saí do cinema animada, entusiasmada e louca para começar.

Mas qual seria a minha trama? Eu escreveria sobre o que? É aqui que entra o segredo... Quando a gente dá sinal verde ao mundo do imaginário, ele se escancara para você. Comecei a ver uma menina em meus sonhos, mas não entendia muito bem quem ela era. Até que a trama apareceu. Sinto que fui abduzida. Na época que comecei a escrever a Fiona eu trabalhava numa Universidade e caminhava da minha casa ao local de trabalho todas as manhãs. Era comum  me distrair na rua levando buzinada no ouvido ou tropeçando no chão. rsrs Quando chegava na minha sala precisava tomar um copo de água fria e pedir a Fiona que me deixasse trabalhar um pouco!

Fiona e o Jardim Secreto foi escrito em 12 finais de semana. Eram os únicos momentos que eu tinha para me dedicar a esse universo fantástico e eu simplesmente adorava! Nessa época comecei a ler as obras mais famosas do gênero como Harry Potter e Coração de Tinta, mas nenhuma delas me interessou. Achei tudo meio bobo, faltava uma mensagem bacana, uma trama que realmente calasse meu coração. Foi então que percebi que Fiona seria algo diferente. Fiona é filha do meu inconsciente, nasceu de meus próprios anseios e de minha busca espiritual. Quando comecei a escrevê-la compreendi que o Universo estava me mandando uma mensagem profunda por meio do Jardim Secreto. E era tudo tão verdadeiro e simples que meu coração pulsava de alegria.

Finalizada a obra começou o processo de busca pela edição e publicação. Foram dois anos  recebendo Fiona e o jardim Secreto de volta. Recebi tantos NÃOS que montei uma pasta na minha caixa de correios para arquivá-los. Viajei para Portugal em 2011 e lá bati em todas as portas. Fiona e o Jardim Secreto foi lida e recusada pelo Grupo Leya, Editora Presença, Bertrand e inúmeras outras. Eu passeava pela cidade do Porto e pensava em  JK Rolling. Ela também  bateu naquelas mesmas portas e recebeu muitos NÃOS.  Caminhei pela Lello&Irmão pensando na autora da obra mais famosa do mundo. Harry Potter levou  sete anos para receber um SIM, felizmente Fiona levou menos tempo. 

Mesmo acumulando nãos jamais desisti de acreditar na beleza da obra. Intimamente eu sonhava que uma grande editora compreenderia o potencial do livro e apostaria na edição. Mas o que aconteceu superou as minhas expectativas. No início desse ano  recebi  o convite de publicação da MODO EDITORA. A Modo é uma editora jovem, dirigida por profissionais altamente qualificados e apaixonados pela literatura. Adriana Vargas, a editora chefe da Modo,  também é uma escritora e conhece  bem as dificuldades dos autores em colocar seu nome no mercado. Por esse motivo eles dão todo suporte aos autores e sentimo-nos muito bem cuidados. Além do ais,a MODO editora atualmente é uma das melhores editoras especializadas em literatura fantástica do país. A equipe que trabalha com eles é de primeira!  Fiona e o jardim Secreto será lançado pela Modo em 2013 em allto estilo. Vocês verão uma superprodução no mesmo nível das obras internacionais. 

Não quero parecer arrogante ou esnobe, mas eu garanto a vocês que Fiona e o Jardim Secreto é uma obra superior a muitos títulos internacionais disponíveis no mercado. Foi considerada melhor do que Alice no País das Maravilhas por leitores críticos portugueses e por jovens leitores brasileiros que tiveram acesso ao original. Houve aprovação unânime dos leitores meta (leitores que testam os originais antes da obra ser apresentada ao grande público).

Por tudo isso é que apresento a vocês minha nova obra FIONA E O JARDIM SECRETO. Estará disponível nas livrarias do país no primeiro semestre de 2013 e tenho certeza que vai conquistar leitores de todas as idades e nacionalidades, pois é uma história que fala mais ao alto ao nosso coração.

"Um cavalo alado capaz de transitar entre dois mundos; um jardim estranho com flores que podem revelar o futuro; uma rainha louca obcecada por dinheiro e poder; um dragão fora de controle; uma cidade medieval perdida em Lugar Nenhum..."

Vem aí FIONA E O JARDIM SECRETO.

Lançamento Modo Editora 2013.

 

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

FIONA E O JARDIM SECRETO

Fiona é uma jovem apaixonada pelos livros que vê sua vida mudar completamente quando desce uma misteriosa escada que a leva a um extraordinário jardim secreto perdido em lugar nenhum.  Inteligente, sagaz e amante das aventuras imaginárias, Fiona viajará no tempo e viverá num mundo diferente onde reis e rainhas governam um reino mágico, repleto de seres míticos que lhe ensinarão preciosas lições sobre o amor, o desejo, a amizade e a importância de conhecermos profundamente os desígnios mais profundos de nosso coração.

Em Lugar Nenhum, nada é o que parece ser à primeira vista. Uma vila medieval perdida num tempo distante; um jardim secreto repleto de flores voluntariosas com a capacidade de adivinhar o futuro; um príncipe maligno capaz de acordar um dragão adormecido como símbolo de seu poder; uma rainha louca obcecada por dinheiro e vítima de sua ambição desmedida; um cavalo alado com asas azuis com a habilidade de transitar entre dois mundos e um universo paralelo cheio de magia e mensagens misteriosas.

Embarque com Fiona nesta aventura fantástica pelo mundo da imaginação! O leitor que tiver acesso ao Jardim Secreto nunca mais será o mesmo.

Composta em dois volumes, Fiona e o Jardim Secreto é uma obra poética, artística, surrealista e filosófica. Um verdadeiro portal que levará o leitor ao imenso e ilimitado mundo ficção fantástica.





"FIONA E O JARDIM SECRETO" SERÁ LANÇADO PELA MODO EDITORA EM 2013
http://modoeditora.com.br/






SOBRE A AUTORA

Escritora, romancista, poeta e contista, Tamara Ramos nasceu na cidade de Santos em 1977 e vem se destacando no cenário literário nacional com suas criações pouco convencionais. Seu blog E eu que era tudo ou nada ao meio–dia, no ar desde 2007, vem conquistando leitores em todo o Brasil e foi indicado por três vezes consecutivas, 2010, 2011 e 2012, ao TOPBLOG, que seleciona os melhores blogs do país. O blog já conta com mais 35 mil acessos e está sendo lido em outros países. Sua obra de estreia “Um neurótico no divã” ganhou o prêmio Anchieta Arte e Cultura em 2012, e está sendo comparado aos textos de grandes contistas russos como Nikolai Gógol e Dostoivesky.


Sua obra infanto–juvenil de ficção fantástica, Fiona e o Jardim Secreto, foi considerada melhor do que Alice no País das Maravilhas e comparada ao realismo mágico de Harry Potter pelos leitores críticos do Brasil e de Portugal que analisaram os originais.

Em 2011 mudou-se para Portugal onde se dedicou à escrita de romances curtos, inspirados pelos grandes autores do teatro e literatura como Alan Bennett e Milan Kundera.

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

VEM AÍ: FIONA E O JARDIM SECRETO. Uma fábula mágica que levará jovens e adultos a uma belíssima jornada ao mundo da imaginação.



Fiona e o Jardim Secreto - Fantasia - Lançamento Editora Modo 2013


Notícia quente! A Editora Modo já está divulgando a publicação de meu novo livro que estará à disposição dos leitores nas livrarias nacionais em 2013. Desta vez convido o meu leitor a atravessar um portal  fantástico. Quem vai embarcar comigo na ficção sem limites de minha imaginação? :)


domingo, 7 de outubro de 2012

INTRODUÇÃO À LITERATURA



Vídeo especial sobre os conceitos da arte literária. Indicado para escritores e amantes da literatura. Excelente!

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

I SEMANA LITERÁRIA DO LICEU SANTISTA: "UM NEURÓTICO NO DIVÃ" ESTAVA LÁ!






Nesta primeira manhã de outubro tive a alegria de abrir a I SEMANA LITERÁRIA DO LICEU SANTISTA, em Santos/SP.

Escolhi o Liceu como palco para o lançamento do Neurótico em Santos por uma razão emocional: eu sou filha do Liceu. Como ex-aluna, decidi que retribuiria à minha antiga escola com ao menos um pouquinho do que foi concedido a mim quando era uma jovem estudante.

De domingo para segunda simplesmente não pude dormir. Fiquei ansiosa repassando em minha mente dez mil vezes a palestra que faria aos alunos do Liceu. Mas no meio desse processo descobri algo profundamente marcante: o Liceu Santista formou-me como leitora e escritora.

Foi no jornal interno do Liceu que publiquei meu primeiro poema. Foi no palco do Liceu que ganhei meu primeiro prêmio (uma medalha) em reconhecimento a uma música que compus para um de seus festivais. Foi no Liceu que produzi meus primeiros contos e pequenas histórias de ficção com cunho literário e foi com os professores do Liceu que li os gregos, a psicanálise e a poesia nacional e portuguesa.

Rodei na cama até o despertador tocar e todas as lembranças tomaram-me de assalto.

Passei por 13 escolas diferentes e foi somente no curso de Magistério do Liceu que aprendi a gostar e apreciar o meio acadêmico.

Hoje de manhã, antes de minha palestra, os alunos do oitavo ano tiveram a honra de assistir a uma aula sobre literatura russa e puderam esmiuçar um pouco da biografia e da obra de Nikolai Gógol tendo como guia uma professora que se especializou neste assunto pela USP. Sentada ali no auditório com eles compreendi porque eu amava tanto o Liceu. Eu amava o Liceu porque ali era um verdadeiro centro de conhecimento.  Eu amava o Liceu porque ele sempre prezou pela exclência do ensino. Eu amava o Liceu porque ele me estimulava, desafiava e me engrandecia como pessoa e como poeta.

Os professores que tive nos meus anos de Liceu foram os grandes incentivadores de minha arte. Márcia Heloísa, Célinha, Maria Luiza, Solange Farias, Aghapito, entre outros, era o Dream Team da educação. Meus anos de Liceu foram anos dourados e estou muito feliz e realizada pelo evento que se concretizou hoje.

Vinte anos se passaram desde que compus meus primeiro poema ou minha primeira redação a ser corrigida pelos mestres do Liceu. E agora lá estava eu, tantos anos depois, retornando à velha casa e sendo recebida com tapete vermelho e tanto carinho.

Foi bom demais conversar sobre loucura e normalidade com essa nova geração. Foi bom demais voltar ao Liceu e dizer: olha, a mágica de vocês deu certo, jamais me esqueci do que vocês me ensinaram!

Obrigada ao Liceu Santista por essa manhã tão especial. Obrigada a Alcielle e a Viviane por me receberem de braços abertos. Obrigada a Solange Farias (minha antiga e amada professora de português) por ter prestigiado este evento. E obrigada aos alunos do Liceu que participaram da palestra com interesse, educação e entusiasmo como se recebessem a uma irmã. Afinal, somos todos filhos do Liceu! :)