sexta-feira, 30 de outubro de 2009

O AMOR É A RESPOSTA



Às vezes penso que a vida poderia ser mais prática. Tudo o que precisamos é de um pouco mais de paciência com os outros e com nós mesmos. Perseguimos ruas sem saídas por ignorância, porque nos recusamos a abrir os olhos e ampliar nossa visão. Os dias são sempre iguais. Ele não se cansa de amanhecer. Não há ninguém mais perseverante do que a vida. Não importa se há dor no coração, solidão na imensidão, ausência de perspectiva ou desconforto mental. A vida simplesmente não se importa. O sol se levanta, sempre. Se refletirmos um pouco entenderemos que o amor é a resposta. O amor é aquele sentimento doce que nos faz sorrir do medo, que vê graça no trânsito das pessoas aflitas, que se encanta com a beleza das flores e perdoa sem mágoas os erros dos amores. O amor enche a alma de expectativas, oferece suporte, enfraquece a brutalidade, gera esperança. Acredito sinceramente que toda forma de mudança é possível. Acredito em revoluções pacíficas. Acredito que estamos aqui para sermos felizes. O sofrimento é um atalho que pode ser evitado. O medo é um obstáculo que pode ser descartado. A raiva é sinal de desesperança. O amor é a resposta para as questões da angústia, do temor e da escuridão da alma perdida.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

MULHERES NOTURNAS


By Tamara Ramos
Cai a noite sobre a face das mulheres noturnas. Mulheres soturnas, feiticeiras sombrias, conhecedoras de mistérios, guardiãs de devaneios. A mesa posta à luz de velas mais histórias para contar. E ela repassa os sonhos de ontem, a fantasia, a alegria de um mundo paralelo. Como uma fênix azul ela renasce das cinzas maior do que antes. Gigante de auto-estima, bela como a sombra da floresta, nova outra vez, mais uma vez mulher. E ela nasce novamente livre para encantar outros ouvidos, almas curiosas ávidas de imensidão. As mulheres noturnas guardam segredos em camas que fervem sob o sol quente e sob o luar. E ela sempre foi assim, seguindo sorrindo, querendo mais do que a vida pode dar. E no fundo dos seus olhos negros toda a fome do mundo parece saciar. E ela vai se abrindo como as flores do campo santo, enfeitadas de cores para te aninhar. Sou uma mulher noturna que crê em mistérios, renascendo das cinzas e da terra sagrada. Acordei hoje cedo com o dobro do meu tamanho e uma vontade soberana de viver mais e amar.

sábado, 17 de outubro de 2009

OLHO GRANDE



Peço proteção contra o olho grande do mundo,
O desejo de me devassar por dentro,
Explorar meus segredos,
Revelar meus desejos,
Expor minhas entranhas.

Guardo o direito de preservar meus pensamentos,
De manter a chave longe dos olhos adultos,
De me manter calada.

Peço proteção contra o olho grande do mundo,
O desejo de possuir meus sonhos,
Naufragar meus devaneios,
Destruir meus castelos,
Expor minhas entranhas.